domingo, 19 de julho de 2009

E se eu te contasse o meu segredo?

Este é o título da coreografia que a Cia. Jovem da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil mostrou na Mostra Contemporânea de Dança, neste 27. Festival de Dança de Joinville.

Trata-se de uma bela coreografia de Clébio Oliveira, construída na forma de fuga, com repetições que funcionam como ecos ou rimas internas.

Um motivo proposto por um duo inicial vai se reproduzindo depois, em variações diversas, em solos e grupos, por quase todos os momentos da coreografia, até explodir numa espécie de gran finale, num tutti, quase um número de chorus line, uma celebração coletiva do movimento.

Mina de informações sobre Projeto Apolo.

A NASA mantém público um acervo de informações sobre seus projetos espaciais.

A exploração da superfície lunar está bem documentada no Apollo Lunar Surface Journal, localizado em http://www.hq.nasa.gov/office/pao/History/alsj/main.html.

Trata-se de um acervo rico de documentos originais da época em texto, fotografia, rádio e vídeo. Vale a pensa sondar.

40 anos da viagem à Lua...

Eu estava em Garuva, passando férias na casa de meus pais, quando o foguete Saturno foi lançado, projetando Armstrong, Collins e Aldrin no espaço rumo à Lua. Escrevi então:

Ontem, 16, foi lançada a Apolo 11. Aguardamos com tanto suspense o momento da partida... É, verdadeiramente, um grande passo da Ciência. Se os três astronautas conseguirem voltar, que avanço não será? Estou esperando que eles consigam alunissar e partir novamente para trazer-nos fotos e amostras da Lua. Que felicidade será!

Os antigos acreditam ser impossível a alunissagem. Eu, não. Dizem que se os astronautas alunissarem, ou o mundo se acabará ou eles não voltarão mais.

Mas, foi Deus mesmo que nos mandou fazer uso da inteligência. E acho que Deus seria muito carrasco se, depois de tanto sofrimento, fosse proibir esta felicidade aos homens.

Bem, se o texto nada acrescenta aos registros históricos da humanidade, para mim tem valor de documento: ali meus escritos de adolescente começavam a separar-se da crendice religiosa, voltando-se para a ciência. Ao longo dos meus diários, esta é a primeira manifestação de pensamento crítico. Tardia, é verdade, pois à época eu ainda era seminarista católico.

sábado, 18 de julho de 2009

video

Pra não esquecer mais.

Vi nesta sexta-feira, na Mostra de Dança Contemporânea do 27. Festival de Dança de Joinville, uma bela performance da Pip Pesquisa em Dança: 3 MG - Gingaestética. Depois que dormir, comento.